View Full Version : Primeiro DAMASCO!!


marcoborchardt
01-01-2010, 04:18 PM
Esta ? minha primeira faca em a?o damasco, caldeada e forjada a m?o a partir de um bilet de mola e corrente de moto serra, n?o da um super contraste, mas gostei muito do resultado e principalmente do aprendizado.
O bilet inicial tinha 11 camadas sendo 6 de mola e 5 de corrente, foi dobrado 4 vezes.

L?mina em a?o damasco mola 5160/Corrente
Cabo em Guajuvira 50anos, comespa?ador em fenolite
Guarda e pino em lat?o
Comprimento total: 230mm
Comprimento da l?mina: 120mm
Largura maior: 26mm
Espessura junto a guarda: 3,5mm

Espero que gostem, e como sempre... as cr?ticas contrutivas s?o MUITO bem vindas.

Norio Sato
01-01-2010, 05:46 PM
Linda faca.

Ficou classuda e elegante.

S? achei que o final do cabo est? meio "quadrado" demais.
Ou seja, para o meu gosto, eu arredondaria mais o cabo.

GTC
01-02-2010, 06:30 AM
muito bom, parabens!

marcoborchardt
01-02-2010, 06:41 AM
Norio e Gustavo, obrigado.
O caminho ? longo, ainda aprendo...

Placido
01-02-2010, 06:51 AM
Ol? Marco! Achei o contraste muito bom. A faca ficou muito legal, o cabo bem ajustado mas concordo com o Norio sobre o arredondamento do cabo. Parab?ns.

marcoborchardt
01-02-2010, 08:10 AM
Vlaeu Placido!
? o contraste ficou melhor que eu esperava, com rela??o ao cabo fui perceber isto depois de pronto.

joalexvoss
01-02-2010, 08:14 AM
Marco, um damasco dessa qualidade j? nos primeiros trabalhos s? tem uma explica??o: talento!
Parab?ns pela cria, uma l?mina muito linda, de primeira.
Abra?o!

marcoborchardt
01-02-2010, 10:57 AM
Obrigado Jo?o!
Talento n?o sei mas a vontade de fazer e de aprender ? muito grande, sei que o caminho ? longo...

Baita abra?o ao AMIGA?O!

cabete
01-02-2010, 03:05 PM
Marco, s? faltou o "s", mas a faca ficou muito boa, o damasco assumiu um padr?o bem legal.
Quanto ao cabo e outros detalhes n?o se acanhe de voltar ? lixadeira se achar que deve e tamb?m n?o se acanhe de n?o voltar se achar que n?o deve, siga seu cora??o!
Voc? ? o artista desta obra.
Parab?ns pelo trabalho meticuloso e muito cuidadoso nos detalhes.
Um bom 2010!

marcoborchardt
01-02-2010, 06:02 PM
Obrigado Cabete, a um bom tempo atr?s quando tinha poucos tutoriais em portugu?s, aquele seu que me acendeu o estupin para aquela ansia de fazer damasco, logo quando comecei a pesquisar mais a fundo a cutelaria, ai fiz uma tentativa de caldeamento no inicio logo depois da segunda faca, ai vi que n?o era bem assim...
Desta vez me senti capaz de tentar novamente, vendo melhor e pesquisando um pouco mais, ainda tem alguns defeitos que na pr?xima tomarei cuidado para n?o falhar.

cabete
01-03-2010, 07:44 AM
Marco,
Sempre ? bom observar o qu? os cuteleiros profissionais, aqueles full time, est?o usando em seus damascos.
Fazer experi?ncias com correntes de moto-serra ( de dif?cil limpeza ), limas velhas ( de limpeza demorada e chata ), cabos de a?o ( ?s vezes cheios de graxa e at? sisal duros de limpar ), molas ( que cont?m cromo), rolamentos ( que cont?m cromo e formam ?xidos terr?veis para o caldeamento ) e outros a?os do tipo podem ser experi?ncias legais com efeitos inexperados no padr?o do damasco no entanto a possibilidade de problemas ? grande, seja por sujeiras, seja por ?xidos de cromo, seja pela baixa disposi??o daqueles a?os a se unirem.
Olhar o que os experts e mais experientes est?o usando pode simplificar a vida e multiplicar os sucessos chegando a ?ndices de 100% de acertos.
Uma coisa que quase todos est?o fazendo ? abandonar os a?os que contenham o cromo como o 5160 e 52100. Em substitui??o est?o usando muito o 15N20 que ? semelhante ao 1070 em percentual de carbono mas possui um pouco de N?quel que lhe d? brilho e contraste sem ter o Cromo que sempre atrapalha muito. E para combinar com o 15N20 vale qualquer outro a?o simples destes que s? tem o ferro e o carbono como o 1095, o 1070 e tantos outros.
Estas combina??es de a?os caldeiam muito facilmente. Comecei a trabalhar com este 15N20 combinado com o 1095 e fiquei admirado com o resultado s? que o 1095 que tenho ? de limas velhas que d?o um trabalho danado na limpeza ent?o agora comprei uns 10 Kg de 1070 em um tira de espessura 3 mm e largura 30 mm para experimentar com o 15N20 acredito que o resultado ser? muito bom e diminuir? muito o trabalho eliminando aquela necessidade de limpeza pr?via.

LCASERAPIAO
01-03-2010, 09:04 AM
Marcos,

Meus Parab?ns!!! Quem j? caldeou damasco ? m?o sabe o trabalho que d?!!! A faca t? linda e ficou com um belo padr?o.

Um abra?o.

marcoborchardt
01-03-2010, 01:46 PM
Grato pelas dicas Cabete, ja havia raparado sim os materiais utilizados, mas na vontade de fazer e a falta de op??o ou de saber onde comprar estes materiais, falou mais alto e fiz com oque tinha em m?os. Esta foi a primeira faca em damasco e segunda tentativa com os mesmos materiais, ent?o agora que aprendi um pouco mais colocando em pr?tica oque venho lendo na internet, tenho que arrumar outros materiais para dar continuidade nesta nova empreitada.
Valeu Serapi?o, da trabalho sim... ah, n?o confunda Marcos com Marco, Marcos ? o Cabete eu sou Borchardt!!!rsrsrsrs

marcoborchardt
01-03-2010, 04:37 PM
Acabei de terminar a bainha tamb?m.

Silvana
01-03-2010, 05:03 PM
Marco,

Muito bom v?-lo por aqui compartilhando conosco seu trabalho, ficou bom, mas concordo com o Cabete, se temos desbravadores com bons resultados, ? bem mais f?cil segu?-los.

Minhas pe?as em damasco s?o feitas por desbaste usando damasco forjado por amigos, ainda tenho que melhorar muita coisa no meu trabalho antes de partir para a forja do damasco.

Parab?ns pela sua faca e continue a nos mostrar seu trabalho.

Sauda??es afiadas!!!

NAGIB ABDANUR
01-04-2010, 12:49 PM
Parab?ns Marco, o primeiro damasco agente nunca esquece.
Uma curiosidade no seu damasco, que j? aconteceu comigo muitas vezes e ? de
grande valia como reflex?o para os que est?o iniciando:
Percebe que o padr?o do seu damasco ficou um pouco diferente em ambos os lados?
Isso j? aconteceu comigo e na maioria das vezes deve-se ao fato da usinagem de um dos lados ter sido mais profunda do que a do outro.
Isso ? bem interessante como reflex?o, para um bom entendimento de como podemos
manipular os diversos padr?es.

Abra?os e seja bem vido ao mundo dos damasquentos.

Nagib Abdanur

marcoborchardt
01-04-2010, 05:32 PM
Obrigado Nagib!
Sim pode ter sentido isso, porque dobrei tres vezes sempre pro mesmo lada e cortado no sentido do comprimento, e a ?ltima dobra foi na largura, justamente para tentar obter um padr?o parecido em ambos os lados como mostra as fotos abaixo, em um pr? desbaste ap?s o forjamento para matar a curiosidade.
Mas como tinha algumas falhas em um dos lados me obrigeui a reduzir a faca e assim desbastando mais um dos lados.
Grato pela reflex?o!

Marco Borchardt

joalexvoss
01-05-2010, 07:41 AM
Salve.
Isso ? mandat?rio?
Quer dizer, o damasco, para ser de qualidade, deve ter o mesmo padr?o de ambos os lados?

NAGIB ABDANUR
01-05-2010, 01:10 PM
Salve.
Isso ? mandat?rio?
Quer dizer, o damasco, para ser de qualidade, deve ter o mesmo padr?o de ambos os lados?

N?o necessariamente, entretanto, quando se tratar de padr?es do tipo mosaico ? indispens?vel que ambos os lados estejam o mais parecido poss?vel.
Insistir na homogeneidade do padr?o ? uma pr?tica saud?vel para quem est? come?ando. No in?cio, fazemos somente padr?es aleat?rios e no momento que vamos adquirindo mais experi?ncia passamos a ousar mais, criando padr?es do tipo mosaico, certo? Isso acontece com todos e s?o raras as excess?es, afinal, n?o ? todo dia que nascem os Sfreddos da vida.

Abra?os

Nagib Abdanur

joalexvoss
01-05-2010, 02:07 PM
Ok, grato pela pronta resposta.
Abra?o.

marcoborchardt
01-07-2010, 03:09 PM
Cero Nagib, n?o deve ser muito f?cil em planejar um padr?o de damasco e executa-lo com sucesso.
Quantos que realmente fazem isso???

NAGIB ABDANUR
01-08-2010, 06:20 AM
Marco,
Acredito que o sucesso na execu??o de determinado padr?o de damasco est? fortemente ligado ? experi?ncia adquirida pelo cuteleiro. Se voc? faz 1,2,3,4 vezes o mesmo padr?o, a coisa passa a ser rotina e n?o sai mais da cabe?a. A cada tentativa melhora-se o resultado, ao ponto de clarear sua mente para as pr?ximas tentativas. A experi?ncia nos permite a compreens?o de como ser? o resultado da pe?a antes mesmo de termin?-la--- se vc dobrar desse jeito sai assim... se voce cortar desse jeito sai assado... at? a quantidade de camadas no in?cio do processo influencia o resultado do padr?o... voc? acaba descobrindo coisas simples que no princ?pio pareciam bicho de 7 cabe?as.
Esse neg?cio de damasco ? uma cacha?a...

Abra?os

Nagib Abdanur

marcoborchardt
01-08-2010, 06:41 PM
At? concordo com isso Nagib, voc? comentou sobre o in?cio, com rela??o ao n?meros de camadas teria um mumero "ideal", minimo ou m?ximo de camadas, pode parecer ou seja uma pergunta meio... ou teria uma espessura "ideal" ou qual seria melhor para o caldeamento manual?

Um abra

Rafael Rozales
01-09-2010, 07:56 AM
Ol? Marco.

Nunca fiz damasco, mas vi em um tutorial uma forma interessante de se ter uma visualiza??o muito pr?xima do resultado final do seu damasco. A pessoa usava "l?minas" de massa de modelar, em cores contrastantes, inclusive prevendo qual seria o a?o/liga clarou ou escuro. A partir da? ? montar os "billets" de massa e ir documentando a altern?ncia, simulando o caldeamento, sentido e n?mero das dobras, tor??es e tals e at? o desbaste (cortava com estilete). Ao final de cada experi?ncia voc? ter? um padr?o e a repeti??o das a??es documentadas ser? sua receita para repetir o padr?o futuramente.
Desculpe se o post n?o colaborou.

Abra?o.

marcoborchardt
01-09-2010, 02:04 PM
Sim Rafael ja tinha visto este tutorial tamb?m, mas ja perdi em alguns lugar, acho que foi na ?ltima pane do PC.
Tch?, claro que colaborou, se a participa??o de uma discuss?o tiver algo que algu?m aprendeu, que at? mesmo n?o esteja participando com posts, ja ta valendo... nem sempre participamos de todas as dicuss?es mas sempre aprendemos algo de bom.

Baita abra

salerno
01-09-2010, 06:51 PM
Ol? pessoal

No f?rum Armas Blancas da Argentina tem uma postagem, se n?o me engano do Mariano Gugliotta, que mostra este recurso de usar massa de modelar para simular o damasco. Tentei encontrar para postar aqui mas a busca do f?rum deles parece que n?o est? funcionando bem, por alguns problemas recentes, mas quem tiver internet r?pida acha facilmente. Se lembro bem a massa de modelar ? chamada de plastilina l?.

Abra?os.

rcpweb
01-14-2010, 04:09 AM
muito bom o coment?rio do pessoal, sobre damasco...

nao fa?o ainda, mas leio muito sobre... quem sabe um dia. reuno um pessoal aqui no sul, para dar umas marteladas

Marco, qualquer coisa se precisar de valores de a?os etc.. aqui na regi?o de porto alegre, tem muitas empresas que vendem a?os de v?rios tipo..

me manda um email

rcpwebmaster@hotmail.com

cabete
01-14-2010, 05:20 AM
Em muitos damascos consegue-se ?timos padr?es e a repetibilidade d?les mesmo no forjamento manual mas existem damascos mais refinados e com padr?es mais elaborados e intrincados em que o uso de uma prensa hidr?ulica torna-se indispens?vel, ? algo mais ou menos natural o pintor come?ar com o pincel de cerdas de rabo de cavalo, depois quer os de pelo de Marta ( aninal ) depois quer os de pelo de Marta ( namorada d?le ) e assim por diante conforme aperfei?oa as t?cnicas.
Os damascos s?o um universo infinito de op??es a serem exploradas pois trata-se de combina??es, primeiro pode-se optar por um sem n?mero de combina??es de a?os e depois combinar estas combina??es de a?os em infinitos padr?es de desenhos portanto al?m dos padr?es j? descobertos e de conhecimento p?blico ( desenhos cl?ssicos ) existe a possibilidade de exercer-se a criatividade e criar-se padr?es ?nicos, verdadeiras obras de arte especiais.

NAGIB ABDANUR
01-14-2010, 05:57 AM
At? concordo com isso Nagib, voc? comentou sobre o in?cio, com rela??o ao n?meros de camadas teria um mumero "ideal", minimo ou m?ximo de camadas, pode parecer ou seja uma pergunta meio... ou teria uma espessura "ideal" ou qual seria melhor para o caldeamento manual?

Um abra?o

Marco,
A quantidade de camadas inicial vai depender de alguns fatores. Um deles ? o tamanho do buraco da forja. N?o podemos montar um bilet para caldeamento se ele n?o entra na forja, entretanto, quanto mais camadas tiver o bilet menos cortes precisamos fazer para atingir a quantidade de camadas que desejamos. Outro aspecto ? o tipo de padr?o que queremos fazer. Quando adiquirimos mais experi?ncia, percebemos que o a?o de contraste, no meu caso uso o 15N20, tem uma tend?ncia de prevalecer sobre o a?o de corte ap?s o caldeamento. N?o sei a explica??o t?cnica disso mas o a?o de corte, com o processo de caldeamente, desaparece mais r?pido do que o a?o de contraste, ? por isso que os bilets s?o montados com + - 70% de a?o de corte e 30% de a?o de contraste. Nesse sentido, existem alguns padr?es que requerem maior o menor quantidades desses a?os --- j? vi bilets de damasco que para conseguir um determinado padr?o, a propor??o ? de 50%/50% --- somente a experi?ncia ser? capaz de demonstrar esses aspectos.

Abra?os

Nagib Abdanur

Fausto
01-14-2010, 06:13 AM
Nagib
eu tenho feito uns damascos usando 1095 (a?o de lima) e 5160, pelo que notei, parece que o a?o de lima, que n?o contem cromo, oxida mais, portanto tende a perder mais material no processo. Na revela??o, ele eparece mais escuro. ? ele, portanto, que ? o a?o de corte? Por que esse termo?

NAGIB ABDANUR
01-14-2010, 01:30 PM
Nagib
eu tenho feito uns damascos usando 1095 (a?o de lima) e 5160, pelo que notei, parece que o a?o de lima, que n?o contem cromo, oxida mais, portanto tende a perder mais material no processo. Na revela??o, ele eparece mais escuro. ? ele, portanto, que ? o a?o de corte? Por que esse termo?

Ih... Fausto agora vc me pegou, kkk.
N?o sei muito bem porque tem esses nomes. Eu ouvi ou li isso em algum lugar e acabei adotando essas defini??es. Acredito que o motivo se deve ao fato do a?o de corte (escuro), conter mais carbono do que o outro (contraste).
Quanto aos a?os que vc tem usado, eles s?o excelentes e f?ceis de achar, por?m, n?o resultam num contraste muito n?tido.

Abra?os

marcoborchardt
01-14-2010, 05:38 PM
Valeu ai Santo, grato pela ajuda.
Certo Cabete, na minha pouca experi?ncia em damasco, ja pude perceber at? que ponto posso chegar s? no bracelete.
Nagib, at? ent?o n?o tinha conhecimento desta informa??o sobre o percentual de cada a?o, claro que vai depender do projeto, e at? tinha me surgido esta d?vida quanto a reten??o de fio, at? sobre os tratamentos t?rmicos, devo me basear no a?o de corte?
Tenho em m?os 5160, 1095 (lima), 1045, acho que a pr?xima tentativa vai ser de 5160+1045.

Grato pelo auxilio

Um abra

NAGIB ABDANUR
01-15-2010, 05:50 AM
Marco,
N?o sou expert na coisa mas n?o tenho certeza se vc conseguir? caldear o 1045, porque tem a?os que s?o dif?ceis ou imposs?veis de caldear, como por exemplo o 52100.
Quanto ?s temperaturas para o tratamento t?rmico eu tomo como base o a?o de corte.

Abra?os

LCASERAPIAO
01-15-2010, 06:37 AM
MARCO,

T? excelente este post!!!
? bom lembrar, tbm, que o a?o-damasco, propicia um EXCELENTE corte n?o s? pela propriedade dos a?os que o comp?em mas principalmente pelo micro-serrilhado que se forma na ?rea do gume. Dizem que os melhores resultados pra corte se situam entre as 300 dobras...
Quanto aos a?os, o 5160 com 1095 caldeia muito bem. Mas ambos s?o a?os de corte. O 5160 tem entre 0,7 e 0,9 de Cromo. O 1095 N?o tem cromo... Como o Nagib disse essa mistura n?o contrasta bem. Um fica escuro e outro cinza. Acredito que uma op??o seria oxidar a l?mina com uma solu??o ? frio depois lixar com lixa 1500 (p. ex.). O 1095 ser? mais atacado pelo percloreto (ficar? mais fundo) e n?o dever? ser atingido pela lixa. E vc poderia conseguir um efeito bem bonito.
? uma id?ia.
Um abra?o.
Aki tem uma tabela bem legal:
http://www.acosvic.com.br/tabelas/tabela_01.pdf

marcoborchardt
01-15-2010, 07:38 PM
Humm, ma se consegue caldear, 1095, 1020, 1010, pq n?o o 1045?
Bueno fico no aguardo, mas que vou tentar vou,

Serapi?o foi desta forma que consegui o contraste nesta faquinha, lixa 1500.

Um abra

Ferrari
01-16-2010, 04:39 AM
O problema ? o seguinte:

5160 com 1095: 0,6% + 0,95 =1,55 / 2 = carbono resultante 0,72%

5160 com 1045: 0,6% + 0,45 = 1,05 / 2 = carbono resultante 0,52%

Caldear 5160 com 1045 vai ter como resultado quase um 1050. Portanto seria muito trabalho para pouca reten??o de corte. Mas pra pegar experi?ncia ? bom.

Mas tb tem que ver a espessura das barras. Por exemplo, j? fiz damasco com 1095 e 1010, por?m as barras de 1010 tinham 1mm de espessura e o 1095 3mm, da? tem que levar em conta que existe 3 vezes mais 1095 que 1010.

Eu aconselho a caldear 5160 com 1070, que s?o dois a?os bem f?ceis de achar e d? um bom resultado de corte. Por?m, vale lembrar que o contraste n?o ? muito bom. O que eu aprendi fazendo damasco com 5160/1095 e 5160/1070 ? que tem que temperar na temperatuda mais baixa poss?vel, pois assim consegue-se com bom contraste. Mas se a temperatura extrapolar um pouco, o resultado vai ficar ruim.

marcoborchardt
01-16-2010, 10:35 AM
Grato pelas dicas Ferrari.
Vou ter que dar um geito em material mesmo, aqui ? dif?cil, mas vou tentar com o que tenho pra aprender.

Um abra

marcoborchardt
01-17-2010, 05:55 AM
Ent?o eu achei essas op??es:
5160, 1095, 1070 para as linhas escuras
15N20 para as linhas claras ou tem mais algum?

LCASERAPIAO
01-17-2010, 06:11 AM
MARCO,

O Pessoal FERA no damasco usa muito a combina??o de 15N20 com O1 (VND). O O1 ? muito semelhante ao 1095 mas com adi??o de tungst?nio que o deixa muito mais resistente ? abras?o...
O 15N20 tem muito niquel e ? o componente mais claro da mistura. O pessoal consegue o 15N20 em casas especializadas em serras de fita (pra madeireiras) mas O O1 em barras chatas eu na? sei onde. Aki consigo em barra de 1" ou 1 1/4"... Mas no bracelete ? F..

Norio Sato
01-17-2010, 07:25 AM
Uma vez o Marcelo Pimentel, que assina TIM nas facas, levou O1 (ou era VND, ou Uddehlom ARNE) em chapa fina, numa conversa afiada...

marcoborchardt
01-19-2010, 03:45 AM
Aproveitando que o papo esta bom, gostaria de saber como se faz um padr?o do DAMSCO PENA, sempre tives esta coriosidade, n?o me lembro de ter visto a forma de fazer, apenas pe?as prontas.
E como temos alguns cuteleiros por aqui que ja fizeram, poderiam dar umas dicas ao menos como ss faz este padr?o.
Seria parecido com um mosaico?
Um abra

E.M.REIS
01-21-2010, 08:40 PM
Sauda??o amigos foristas!
Explico que padr?o pena ? algo complicado, ? uma seq??ncia de aprendizado, tu tem que dominar muito bem o padr?o 'w', e arriscar fazer um pena. J? tive a 'pena' de errar e perder padr?es 'w' perfeitos.

O que sobra do erro: podemos usar peda?os defeituosos para fornituras.

Uma parte importante do aprendizado ? tentar fazer a m?o, usando a marreta e bigorna, isto te ensina a saber os sinais e identificar os defeitos mais precisamente, ? algo que se aprende fazendo e errando, tenha sempre em conta que quilos de material ir? perder e muitas l?minas que no forjamento se mostram boas, no desbaste mostrar?o o erro do caldeamento mal feito, ? fato e acontece, prossiga sempre buscando fazer o melhor poss?vel.

Meu conselho, ? que continue a forjar damasco em padr?es de superf?cie (ladder, pool & eye, maidens hair, um torcido, etc) e depois de tudo justo e perfeito procurar fazer algo mais complexo, ? um aprendizado e confere boas experi?ncias, procure fazer isso e ter?s bons frutos e um bom aprimoramento.

Este damasco apresentado pelo amigo ? um padr?o randon, ao acaso sem padr?o superficial ou manipulado, temos uma mistura de 5160 e corrente moto serra? de que? n?o sabemos mais imaginamos a composi??o. O n?mero de camadas ? 11 x 4 = 44 poucas camadas em minha opini?o, e n?o acredito que seja o primeiro, todos que j? forjaram sabem! cinco quilos de material perdido ? o m?nimo at? apresentar o 'primeiro'.

Depois de fazer o b?sico e facilmente repetir os padr?es (sem erros ou falhas) digo que, parta para algo mais complexo e trabalhoso.

Em ,minha opini?o e experi?ncia, digo que tudo que vemos em mat?ria de cutelaria, uma obra simples ou uma mais complexa, nunca ? feita na 'primeira vez', voc? pode ficar certo que o cidad?o suou e perdeu muito material at? chegar ao trabalho apresentado e exposto, trabalho que os apreciadores compram e com isso nos mant?m na ativa e afiados sempre !

Continue e apresente sempre novos trabalhos.
Grande abra?o a todos.

marcoborchardt
01-21-2010, 10:04 PM
Muito obrigado pela resposta Reis.
Com certeza o martelo, a bigorna e os erros aprendemos muito.
Quanto ao tentar fazer algo mais complexo, fique tranquilo, estou apenas no come?o, tenho muito que fazer e aprender, apenas aproveitei o t?pico para tentar aprneder mais um pouco.
As camadas, bem eu contei assim:
11 camadas iniciais, dobrado fica com 22, dobrado fica com 44, dobrado fica com 88 e por fim na ?ltima dobra 176camadas, at? ent?o estava imaginando isto.
A t? acredito que muitos tenham esta desconfian?a do primeiro damasco, apenas confirmo oque ja havia dito:
logo quando comecei a pesquisar mais a fundo a cutelaria, ai fiz uma tentativa de caldeamento no inicio logo depois da segunda faca, ai vi que n?o era bem assim...
Desta vez me senti capaz de tentar novamente, vendo melhor e pesquisando um pouco mais, ainda tem alguns defeitos que na pr?xima tomarei cuidado para n?o falhar.

EDIT

Ent?o este foi o meu primeiro trabalho com damasco, pode at? n?o ser considerado como tal, mas foi de grande valia.
Mais uma vez agrade?o sua resposta, resposta esta que esperava receber aqui.

Um abra

E.M.REIS
01-21-2010, 10:17 PM
Desculpe amigo pelo meu erro na contagem de camadas, se o amigo diz no primeiro "post" que fez 4 vezes: 11x2= 44, 44x 2= 88, 88x2= 166, 166x2= 322 camadas.
O padr?o apresentado em foto n?o se assemelha a um de 322 camadas, desculpe mas ? fato.
Aprender sempre!

marcoborchardt
01-21-2010, 10:22 PM
Certo Reis, sem galho...
11x2=22............88x2=176camadas.
Bem por ser corrente ? at? complicado estimar o numero de camadas exato.
O padr?o apresentado ? o resultado de muita perda de material no desbaste, como foi comentado acima.
Com certeza!


Um abra