View Full Version : cabos e d?vidas


Bhold
04-15-2003, 06:15 PM
Buenas.
Sou novo neste f?rum, passei a ?ltima semana lendo posts antigos, aproveitando os ensinamentos de vcs, e desejando estar em Bras?lia. Sou novo na cutelaria (ao ponto de estar planejando minha primeira faca), mas gosto dessas belas ferramentas j? h? muito tempo. Como muitos aqui, acalento n?o de hoje o sonho de fazer minhas facas, de qualidade, de acordo com o que sempre desejei nas facas que ca?ram em minhas m?os. Muitas tinham alguma boa caracter?stica, mas todas as facas comerciais deixaram a desejar em um ou v?rios aspectos.
Pela boa recep??o que vi, tanto aos iniciantes quanto a todas as d?vidas, por mais b?sicas, me animei a trazer algumas das minhas d?vidas e pedir aux?lio a maiores conhecedores.
Estou fazendo um novo cabo em madeira para um canivete meu. Se n?o me falha a mem?ria, mas com boas chances de estar enganado, ? madeira de guajuvira. A madeira - descobri s? mais tarde - n?o ? a ideal, pois tem fibras relativamente longas e tende a lascar se n?o trabalhada com cuidado. Entretanto, ? de um tom avermelhado que me agrada muito. A pergunta ? a seguinte: que tratamento posso dar ao cabo, sem escurecer demais a madeira? Tenho receio de usar ?leo de linha?a e perder justamente o tom de vermelho que me fez teimar em utilizar esse material.
E uma outra pergunta: onde compro micarta, e quanto custa? O buscador google n?o deu nenhuma indica??o ?til para o Brasil.
No mais, um abra?o a todos, e ? um prazer come?ar a participar desses di?logos do f?rum da SBC, onde encontrei tanta coisa interessante nesta ?ltima semana.

cabete
04-15-2003, 08:40 PM
Caro Luciano,
Muito bem vindo ao forum.
N?o vou me meter no assunto da madeira pois ainda tenho pouca experi?ncia com elas e posso lhe falar besteira. Eu tenho usado ?leo de beb?s quando a madeira est? muito s?ca. Uso colocar um peda?o de pano enrolado na madeira embebido nestes ?leos. At? real?a a c?r. Mas os cuteleiros mais experi?ntes devem ter muito mais a lhe acrescentar.
Quanto ? Micarta procure no Brasil como "celeron", o mais comum de encontrar ser? marron avermelhado e marron claro e um preto que cont?m grafite.
Outras cores creio que s? importada.

Ferrari
04-16-2003, 06:05 AM
Bem vindo ao Forum Luciano!

Um tratamento bom para deixar a madeira bem acabada e n?o afetar sua colora??o original ? o seguinte:

lixe muito bem com lixa 220, passe uma dem?o de seladora bem dilu?da em thinner, espere secar uns 20 min. lixe novamente com 320, outra dem?o de seladora, lixe com 400, outra dem?o de seladora...lixe com 500, outra dem?o de seladora...lixe com 600...outra dem?o de seladora e por fim lixe com 60o ou 1200... A madeira vai estar com um aspecto bem acabado, da? aplique uma cera composta de 1 por??o de cera de abelha e 4 por??es de cera de carna?ba.

Veja se o resultado est? bom. ? assim que dou o acabamento nas empunhaduras de madeira e ficam muito bem.

callega
04-17-2003, 04:44 AM
Adoro a guajuvira. de uma olhada em www.jhcfacas.kit.net
Meu tratamento ? oleo de cedro e peroba, depois linhaca.. No fim, cera de carnauba.. Tente brincar com esta madeira..Da otimos resultados..:smokin

Lepazini
04-17-2003, 01:38 PM
Caro amigo:

Trabalho com guajuvira a mais de 5 anos, e minha familia a usa a mais de 50 anos, m?s lhe confesso e lhe garanto que esta madeira que vc esta usando n?o se trata de guajuvira, pois guajuvira ? uma madeira de contrastes marron+preto e suas fibras s?o entrela?as , acho que quem lhe forneceu a madeira errou no nome, pode ser alecrim , pois esta sim tem uma colora??o vermelha claro e quase sempre fibras longas e bastante faceis de lascar, guajuvira ? uma madeira que aceita muito bem impactos pois tende a esmagar a madeira antes de que a mesma rache, o tratamento do alecrim ? facil, aconselho que use uma mistura de oleo de linha?a+essencia de Terrebentina, pois os dois oleos s?o derivados de vegetais, assim vc evita que ocorra o fato costumeiro de descascar a camada protetora que os vernizes costumam formar, de umas 3 dem?os e costume usar lixas de grano 280 outro detalhe ? que vc pode pr? aquecer estes oleos a uma temperatura de +ou - 70 graos antes de aplica los , pois assim eles tendem a penetrar melhor* use uma latinha velha ai coloque os dois oleos dentro preaque?a misturando bem um ao outro e aplique,n?o deiche a temperatura passar os 100 graos pois ambos s?o inflamaveis , o acabamento ? muito bom .

abra?os
Leandro Pazini

Rodrigo Sfreddo
04-18-2003, 08:04 PM
Caro Luciano,seja bem-vindo. ? sempre bom ver gente nova no f?run. O Pazini est? certo,a madeira que voc? tem provavelmente n?o ? guajuvira,pois eu trabalho com guajuvira h? muitos anos e nunca v? uma vermelha. Mas qualquer que seja a madeira,elas costumam escurecer com o tempo,devido ? oxidac?o pelo oxig?nio,?cido ?rico das m?os,etc... Se voc? quiser esclarecer qualquer d?vida,pode vir nos visitar(Luciano Dorneles e eu)em Nova Petr?polis,ser? um prazer poder ajud?-lo. Um abra?o.

Bhold
04-23-2003, 06:07 AM
Cabete, Ferrari, Callegari, Pazini e Sfreddo, obrigado pelas respostas. Tiraram minhas principais d?vidas. A madeira que tenho, entretanto, permanece uma inc?gnita. Estive no interior de SC para o feriado (o que deve me desculpar pela demora em responder ?s mensagens de vcs), e tratei de ir atr?s de um senhor que possui um estoque particular de madeira da regi?o. Com ele e com o marceneiro de confian?a dele, consegui uns peda?os muito bonitos de alecrim, gr?pia, cedro, angico e guajuvira. E o Pazini e o Sfreddo t?m raz?o, a madeira que eu tinha n?o possui a m?nima semelhan?a com guajuvira, exceto talvez o fato de ser madeira. Tampouco ? alecrim, parece ser angico. Mas vou aprendendo.
Devo come?ar a experimentar os tratamentos indicados por voc?s logo, e dou um sinal dos resultados. Obrigado pela for?a, e saibam que me sinto muito bem vindo aqui. Isso significa que nos falamos em breve.
Um abra?o,
Luciano Bornholdt

PS-parab?ns ao Ferrari pelo tutorial; j? estava enjoado de ter que ler em ingl?s, e depois n?o saber o nome das coisas e processos em Portugu?s
PS2- Sfreddo, vcs t?m a? em Nova Petr?polis uma confeitaria (Rodenbusch) que faz uma torta de ricota como h? anos eu n?o comia.

jorge actis
07-09-2006, 09:55 PM
Sou um nordestino aposentado e sempre fui apaixonado por esta arte de Cutelaria tenho aprendido muito destes dias em que descobri na Net alguns site e em especial este pela qantidade de informa??es. de pessoas como o Ferrari sem desmerecer os demais apenas foi por ele que comecei a tirar minhas duvidas


Jorge actis

CASTRO ALVES - BAHIS

jorge actis
07-09-2006, 10:05 PM
POR SER NOVATO ...... Para comecar gostaria de saber do meste FERRARI as empunhaduras (cabos) tem regra ou ? algo pessoal, como definimos por ex. o tipo do cabo e material em fun??o da lamina

grato jorge

Duque
07-10-2006, 09:32 AM
Callega
O endere?o que voce postou est? dando como inesistente.
Voce pode rever, por favor?
Duque

Lepazini
07-13-2006, 06:53 PM
Caro amigo Jorge:

at? que o amigo Ferrari veja eu vou quebrando um galho, sua duvida esta em desenvolver uma empunhadura, ? bem facil, siga algo que lhe agrade , analise algo que n?o fuja ao estilo da lamina e que tambem n?o fique muito leve e nem muito pesado deve haver um balan?o de peso e equilibrio entre o peso da lamina e da empunhadura, outro detalhe ? que a empunhadura n?o deve ser + alta em nenhum dos lados , ou seja n?o deve se sobresair em uma linha reta tanto para a altura do dor?o da faca quanto para a linha do fio da mesma assim vc tera um equilibrio prefeito , o detalhe da escolha da madeira ? simples eu analiso a cor da madeira imaginando a bainha que a mesma tera sempre opto por r?dicas bem nodosas pois as tenho como uma parte especial da confec??o de minhas facas,para a confec??o em materiais de origem animal eu analiso com + criterio julgando as curvaturas, textura e at? mesmo belesa dos mesmos. espero ter ajudado por hora.

abra?os

Leandro Pazini

jorge actis
07-14-2006, 05:51 PM
Caro amigo Leandro

Muito obrigado pela orienta??o e a sutileza de como foi colocada sua explica??o sinal claro de quem sabe o que faz, ou melhor palavras de mestre

um abra?o

jorge

Duque
07-14-2006, 07:32 PM
Esta coisa do cabo ? realmente mais importante do que se pensa a princ?pio.
N?o basta gostarmos de um determinado tipo de cabo, ? necessario que o mesmo tenha algo a ver com o conjunto.
Cheguei a fazer dois cabos para a faca que enviei para a Silvana. O primeiro, estilo ao que o Sfreddo usa na faca do tutorial da faca integral, n?o ficou bem e tive que fazer outro, que no final creio que ficou mais harmonioso.
Eu tenho sempre alguma dificuldade em decidir que cabo usar.
Quanto ao cabo n?o ultrapassar as linhas do dorso ou do fio como diz o Lepazini eu n?o sei se entendi direito. Nesta mesma faca do Sfreddo, parece-me que o cabo est? bastante acima do dorso (apesar do conjunto est? muito harmonioso) e em algumas facas parece-me que o cabo vai abaixo da linha do fio, uma Scagel ou uma Sorocabana por exemplo. Lepazini, pode detalhar sua observa??o?
Abra?os

jorge actis
07-14-2006, 08:54 PM
Amigo Leandro

lá vai eu de novo

Quero colocar minha marca em meus trabalhos por onde começo...quem faz no mercado a matriz algo que possa punsar a lamina estou preferindo a matriz do que o eletroquimico para que os trabalhos fiquem mais originais por serem artesanais. será que estou falando bobagem rsssssss

grato jorge actis

se não for do interesse do forum fineza enviar viar** actis.jorge@gmail.com.br

emilcio
07-15-2006, 07:35 AM
Segundo o que entendí no Workshop do Jerry Fisk, é isso aí que o Lepazini falou.
Porém ele resaltou que em facas gaúchas era perfeitamente possível quebrar esta regra, por se tratar de um caso especial, em que se acentuava as belas linhas da mesma. Deve ser isso que o Duque estranhou.

Abraços